Blog

27/06/2016
|

Trofologia: escuta do corpo

 

Ter muita informação sobre alimentação ajuda a termos mais saúde. Mas, para algumas pessoas, o excesso de conhecimento a este respeito pode virar confusão. Especialmente porque costumamos alimentar as sensações e as vontades da mente em relação à comida, ou seguir dicas soltas recebidas de alguém sobre o que ingerir, mas nem sempre damos ouvidos ao nosso próprio corpo, com perguntas do tipo: “mesmo um alimento sendo benéfico, ele me faz bem? Como fica minha energia com ele? Como é meu processo de digestão? Ele me dá conforto, calor, frio? Como fica meu humor?”. Precisamos voltar a escutar nosso corpo, o maior beneficiado e a maior vítima da nossa relação com o ato de comer.

Este texto não quer de forma alguma contrariar a nutrição convencional e nem nenhuma linha terapêutica. Apenas traz uma visão particular de alimentação focada não só em nutrir, mas em limpar e curar.

Trofologia: você é o que come

A palavra Trofologia deriva do grego trophé (nutrição) e de logos (tratado). Esta ciência defende que “você é o que come”, entende que muitas doenças crônicas e degenerativas se dão por conta de uma má alimentação e por isso busca reverter processos de doenças através da cura pelos alimentos.

Para isso, indica um tipo de alimentação que nos ensina justamente a manter ou restabelecer a saúde através da alimentação, que dá enfoque à boa digestão e permite que nosso organismo mantenha-se levemente alcalino.

E por que a alcalinização do organismo é importante? Nosso corpo é um ambiente levemente alcalino (ou seja, tem PH entre 7 e 8) e infelizmente nossa alimentação tem muito alimentos e combinações acidificantes, que desequilibram a natureza corporal e abrem portas para doenças agudas e crônicas. Ou seja, a harmonia de nossa saúde corporal depende do equilíbrio ácido-básico das nossas células. Em pH ácido o corpo está na luta pela sobrevivência (e isto não é saúde, mas sim enfermidade). Já em pH levemente alcalino o organismo conquista a harmonia metabólica. Um grande aliado contra a acidez do corpo é o limão, que tem um superpoder alcalinizante. Esta fruta pode e deve ser ingerida todos os dias, em jejum, e nos intervalos das refeições. Sua composição química dentro do nosso corpo vira básica (ou alcalina) e auxilia na cura em diversos processos crônicos causados pela acidez corporal….

(continua)

Para ler o texto inteiro, escrito exclusivamente para o portal Personare, clique aqui.